Dica de Leitura: A Religião Mais Negra do Brasil

Ao contrário do que parece ocupar o imaginário popular – especialmente dos evangélicos –, a religião com o maior número de negros não são as religiões de origem africana, mas os pentecostais.

No entanto, falar de racismo, preconceito, políticas de ações afirmativas é algo raro nas igrejas evangélicas. A edição atualizada de A Religião Mais Negra do Brasil mostra por que a igreja pentecostal se tornou uma espécie de opção para os excluídos brasileiros. E também responde a algumas perguntas inquietantes:

– Por que os negros fizeram opção pelo pentecostalismo?
– Como é tratada a cultura negra no segmento evangélico?
– Por que ainda se demoniza a herança africana?
– Qual é o futuro da relação do negro com a igreja evangélica brasileira?

capa_religiao_negra_web

Livro “A Religião Mais Negra do Brasil” de Marco Davi de Oliveira

 

Marco DaviAutor de “A Religião Mais Negra do Brasil”, Marco Davi de Oliveira é bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, licenciado em história e mestre em ciências da religião pela Universidade Metodista de São Paulo.Pastor da Igreja Batista em São Paulo, Marco Davi de Oliveira também milita no Movimento Negro como um dos coordenadores do Movimento Negro Evangélico (MNE) e participou da Tearfund no programa Indivíduos Inspirados. É articulista das revistas Novos Diálogos e Afropress, além de palestrante e pesquisador da temática racial.

Marco Davi de Oliveira também foi o organizador da Conferência Nacional Negritude e Evangélicos no Rio de Janeiro em 2014. O evento contou com a participação especial de John Perkins, militante cristão na área dos direitos civis, companheiro de jornada de Martin Luther King, autor e conferencista internacional e professor de temas relacionados à reconciliação racial, liderança e desenvolvimento comunitário.

Para quem tiver curiosidade e quiser fazer uma leitura prévia, é possível ler um pequeno trecho do livro no seguinte link: Trecho do livro “A Religião Mais Negra do Brasil”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s